Ao nos depararmos com infecções de fungos pelo corpo, sempre apostamos que os remédios serão um tiro e queda para qualquer ocasião. E para fugir de todo o desconforto, o nosso maior desejo é acabar com a candidíase rápido e sem complicações.

Mas nem sempre esse é um caso simples, pois na verdade, é o organismo de cada pessoa que cuidará da infecção. Enquanto que os remédios são apenas auxiliares do organismo que também não consideram genuinamente a forma como ele funciona.

Inúmeros fatores influenciam isso, inclusive os genéticos, pois algumas pessoas abstraem bem os remédios obtendo rapidez na cura. Mas outras podem passar por demoras ou simplesmente não responderem adequadamente aos tratamentos.

Nos últimos tempos, os fungos da Candida também tem apresentado maior resistência às drogas sintéticas da industria farmacêutica. Mostrando que a pressa para se curar pode ser ainda mais frustrante para aqueles que são mais sensíveis aos fungos ou intolerantes aos medicamentos.

Essas considerações podem desanimar algumas pessoas. Mas será que ainda assim tem como acabar com a candidíase mais rápido?

A resposta para isso realmente está no organismo das pessoas, mas existe uma forma de influenciar sobre ele. Pois conhecendo algumas vantagens de confronto à Candida, podemos traçar um plano.

Esse plano é reconhecido por muitos como o melhor remédio para candidíase, já que ele se utiliza da alimentação. O que ao mesmo tempo é a forma mais eficiente de modificar o organismo, trazendo assim um enorme potencial acelerador de curas.

Por isso criamos um protocolo de apoio dividido em 4 etapas para as pessoas em tratamento aproveitarem algumas dessas dicas da alimentação acompanhadas de outras estratégias bem interessantes.

Acompanhe!

 

Etapa 1: Corte A Candida Pela Raiz

médico com representação do intestino em mãosAonde há fogo existe algum combustível, e no caso da Candida, o açúcar é o alimento responsável por fazer esse fogo crescer e se espalhar.

Para cortar o mal pela raiz, a dica de ouro é cortar o açúcar. E não se engane, mesmo adoçantes artificiais podem ser um combustível para esses fungos.

Pode parecer duro tomar essa atitude, mas você não precisa ficar triste. Pois existe sabedoria na natureza, ela é feita para todos, podendo prover também muitas alternativas para adoçar a nossa vida.

Uma delas está no xilitol, um adoçante natural que ao mesmo tempo é antifúngico. Você também pode recorrer ao Eritriol ou Stevia, que tem índices glicêmicos quase irrisórios.

Caso você sofra dessa infecção por muito tempo e deseja acabar com ela mais rápido, deverá cortar a frutose também. Com exceção das frutas próprias do programa alimentar que podem ser consumidas sem os mesmos problemas.

Pelo mesmo motivo, evite carboidratos carregados de amido como batatas, trigo, mandioca, milho, farinha branca ou arroz. Pois quando metabolizados no corpo, eles se convertem rapidamente em glicose.

A dica no período de tratamento é consumir carboidratos integrais ricos em fibras. Então coma massas, pães e arroz integrais que podem melhorar o sistema digestivo e acelerar a eliminação das toxinas do fungo.

Outra medida para acelerar a cura é diminuir os laticínios, pois a lactose, o açúcar natural do leite, é outro combustível para a Candida. E além de motivar inflamações no intestino, cria resíduos que enfraquecem a flora intestinal fazendo os fungos perdurarem mais tempo.

Evitar bebidas alcoólicas é outra recomendação importante também. Pois o etanol é outro combustível que a Candida utiliza para criar metabólitos tóxicos e não desejamos que elas utilizem essa vantagem para protelarem em nosso organismo.

 

Etapa 2: Desintoxique o Corpo e Faça Drenagem Sempre

mulher transpirando após exerciciosEnquanto fazemos uma limpeza da Candida, os organismos do fungo que morrem precisam ir para algum lugar. Caso você não desintoxique seu corpo na velocidade certa, pode experimentar reações bem severas.

Poucos sabem, mas os fungos liberam toxinas que podem refletir no psicológico do paciente. Isso é chamado reação de Herxheimer e traz sintomas do Die Off como resultado da morte dos fungos.

Por isso é necessário certificar-se que todas as vias de drenagem do corpo estejam bem durante o tratamento. Isso inclui algumas medidas auxiliares para seu figado e rins.

A recomendação é ingerir muito liquido no processo de desintoxicação, o que certamente auxilia a acabar com a candidíase mais rápido.

Estar sempre hidratado enrijece as células do corpo e faz todos os órgãos funcionarem melhor. Significando melhora do metabolismo, sistema imunológico e maior absorção de qualquer medicamento que você utilize.

Além de melhorar as principais vias de drenagem do corpo, busque consumir algumas ervas e suplementos que auxiliem na limpeza do organismo. E nesse momento, a ajuda de um suco detox pode ser muito bem vindo.

Algumas ervas poderosas contra a Candida são a astragalus caso a encontre ou a bardana que podem estar no suco. Ambas são antifúngicas e combinam bem com a drenagem linfática, além de prevenirem os fungos de desenvolverem proteção.

O bom funcionamento do intestino colabora na drenagem do corpo e eliminação das toxinas do cólon. E ingerir Aloe vera (Babosa) sem duvidas auxilia bem nesse processo, podendo ainda estar nas receitas do seu suco detox.

A Babosa é famosa pelas propriedades antifúngicas e anti-inflamatórias. Mas também estimula macrófagos responsáveis pela nossa boa condição biológica.

Para fechar, basta malhar, transpirar, fazer saunas, escovação a seco, duchas de contraste ou qualquer meio de drenagem. Isso acelera a cura da candidíase por um efeito realmente orgânico e combativo do seu corpo.

 

Etapa 3: Coma Sem Preocupação, Só Mate A Candida

comida que mata a candidaMuitas pessoas percebem que a dieta para candidíase é um tratamento completo contra a repetição dessa infecção, no entanto, ela exige certa disciplina.

Mas não precisa desanimar no primeiro deslize, apenas concentre-se em adquirir hábitos alimentares. Pois consumir certos alimentos diariamente ajuda a acabar com a candidíase mais rápido que outros tratamentos prolongados.

Além disso, em toda alimentação mastigue bem a comida, sem estresse, desconfortou ou pressa. Isso acelera muito o processo de digestão sem sobrecarrega seu corpo nesse trabalho.

O fungo da Candida pode levar a inúmeras deficiências nutricionais e se valer disso para seus fatores parasíticos. Talvez um livro de receitas para candidíase seja o seu melhor guia para a cozinha, então não deixe de recorrer a ele.

Em todos os casos, privilegie sempre as carnes e vegetais orgânicos frescos. Pois como mencionado, os antibióticos, pesticidas e herbicidas residuais podem obstruir nossas vias de drenagem.

Não deixe de fazer mudanças alimentares estratégicas para matar a Candida. Busque qualquer desculpa para comer:

  • Coco – tomar a água, comer a carne ou consumir o óleo.
  • Sementes de abobora – coloque na salada, use a farinha ou coma a manteiga delas.
  • Ácidos graxos e ômega 3 – a consuma em capsulas ou nos peixes frescos.

Saiba também que a comida não precisa ser enfadonha durante o tratamento e temos muitos antifúngicos de acesso fácil como:

  • Orégano
  • Alecrim
  • Canela
  • Cravo
  • Cúrcuma

Outros destaques que podemos dar é ao consumo do alho para acelerar o tratamento da candidíase aumentando o potencial dos antifúngicos e também do vinagre de maça que tem outras funções estratégicas.

Existem inúmeros outros alimentos que poderiam estar nessa lista criando uma ótima sinergia alimentar para qualquer tratamento. Mas para obter opções de cardápios mais completos, considere conhecer algum programa alimentar contra a candidíase na integra.

 

Etapa 4: Incorpore Estratégias Adicionais

medidas estratégicas contra a candidiaseO corpo humano não vive sobre regras tão rígidas como as vezes insistimos impor a ele. Então não é porque algumas receitas naturais para o tratamento caseiro funcionaram para alguns que serão infalíveis para outros.

É como usar o alecrim como antifúngico nos seus pratos e perceber-se alérgica ou simplesmente não gostar dele. O que significa que ele não traz boa combinação para o seu corpo ou simplesmente não é do seu gosto.

Da mesma forma, algumas pessoas fazem drenagem a seco com resultados ótimos para se livrarem das toxinas do fungo. Enquanto que saunas ou exercícios aeróbicos, podem combinar melhor para outros.

Esses adventos podem exigir que você tenha mais estratégias de combate ao fungo, que podem acabar sendo até mesmo mais compatíveis com o seu estilo ou paladar.

A nossa sorte é que somos livres diante de inúmeras alternativas que servem como estratégias. Muitas delas podem acabar com a candidíase mais rápido durante os tratamentos.

Portanto, você pode misturar a experimentação de alguma delas, provar seus efeitos e até mesmo combiná-las para livrar-se da candidíase sem qualquer limitação.

Vejamos algumas dessas estratégias adicionais:

 

O Jejum Intermitente

Essa tática é um pouco restritiva, mas pode ser considerada uma ótima estratégia.

Para realiza-la, basta adiar algumas horas as refeições que você consome calorias ou até mesmo pular elas por completo no café da manha ou jantar.

Essa ação reduz o trabalho do nosso sistema digestivo em uma janela de tempo que ele estava acostumado a trabalhar. Isso obriga ele a seguir seu relógio biológico para participar de outros processos, como na desintoxicação e limpeza da Cândida por exemplo.

Perceba que para essa estratégia funcionar você precisa estar com o seu corpo combativo. Principalmente ao utilizar algumas medidas naturais contra os fungos já apontados por aqui.

Essa estratégia é útil também para estabilizar os níveis de açúcar no sangue para não ter grandes picos de alta. E como o fungo pode se valer desse detalhe, o jejum intermitente obriga as colonias a consumirem reservas de açúcar do corpo.

As Ervas Assassinas da Candida

Já mostramos alguns condimentos que devem estar na sua alimentação funcionando como antifúngicos, mas existe outra forma de consumir eles. E já que muitos não podem cozinhar, o jeito é encontrar estratégias para consumir essas ervas assassinas da Candida de outras formas.

O Pau D’arco é uma dessas ervas tradicionais que auxiliam na limpeza da Candida. Você pode consumir ele em capsulas ou então usar ele in natura caso encontre no mercado e preparar um chá para beber.

Podemos dizer o mesmo do orégano, que além de ser tradicional nas comidas, é um poderoso assassino da Candida. A recomendação é que você realmente o utilize em seus pratos, mas pode consumir ele como chá também.

A berberina é outro elemento estratégico, principalmente contra os efeitos do Die-Off da Candida. Pois ela auxilia o figado na desintoxicação durante a drenagem e diminui os leveis de açúcar no sangue, tornando-se incrível para acabar com a candidíase mais rápido.

Mas de forma alternativa e prática, existe uma combinação do Pau D’arco, orégano, acido caprílico do coco e outras substancias assassinas de fungos. Eles por vezes se juntam e são encontrados em suplementos contra a Candida, mas podem não ser fáceis de encontrar no mercado.

Adicione Probióticos

Enquanto os fungos da Candida morrem e vão sendo eliminados durante o tratamento, existe um espaço a ser preenchido. O seu organismo fara isso naturalmente, já que os probióticos irão se promover melhor com menos fungos.

No começo de um tratamento isso não é necessário, já que você ainda estará apagando o fogo. Mas quando uma quantidade suficiente dos fungos morrerem, haverá uma oportunidade de acelerar a cura.

Essa estratégia deverá colocar os fungos patogênicos da Candida contra organismos benéficos conhecidas como probióticos. E isso pode começar pela sua própria iniciativa ao consumir os alimentos apropriados em tratamento.

Vimos algumas ervas e fitoterápicos que são úteis para fazer chás, mas o verdadeiro chá para candidíase é feito do Kombucha. Uma bebida probiótica rica em benefícios que merece sua atenção por causa desses probióticos.

Essa é uma forma prática para consumir os rivais do fungo e produzir o melhor refrigerante caseiro que você poderia desejar. E essa estratégia de substituir os refrigerantes é realmente uma recomendação para toda a vida.

Em todo o caso, consumir probióticos garante que a Candida não tenha espaço para retornar. Principalmente quando se confronta com cepas específicas de probióticos como Bifidobacterium longum, Lactobacillus rhamnosus e Saccharomyces boulardii.

Alguns deles estão no tratamento alimentar que divulgamos e realmente é aconselhado consumi-los dessa forma. Mas eles podem ser encontrades em capsulas também caso queira ter a participação deles no seu organismo.

Adicionar Oxigênio Biomolecular

Os fungos da Candida se desenvolvem de forma anaeróbica, ou seja, sem a presença do oxigênio. Por outro lado, quando o intestino está bem suprido de O², bactérias benéficas do intestino podem acelerar o crescimento.

Existe realmente uma forma como acabar com a candidíase mais rápido ao promovermos uma boa natureza microbiana como já mostrado. E a melhor oxigenação do intestino é um combustível para gerar essa nova população microbiana no organismo.

A forma mais comum de cuidar disso é sem dúvidas pela própria alimentação e ao consumir alguns sais minerais, mas existem exercícios e formas de respirar que podem colaborar. E apesar de não sermos um site de meditação ou Yoga, elas são reconhecidas por trazerem muitos desses benefícios.

Existe outra opção para melhorar a oxigenação intestinal adicionando elementos biomoleculares. Eles podem ser consumidos nos suplementos de oxigênio que geralmente são utilizados pelos atletas.

Outra alternativa é realizar uma ozonoterapia para tratar o cólon, principalmente quando você tem intestino irritado, ulcerações e outros problemas intestinais acompanhando a candidíase.

Essa ultima dica é menos prática que as demais, no entanto, é uma alternativa valida principalmente para as pessoas com a candidíase intestinal ou que sofrem outros problemas do intestino. Podendo ainda solucionar um dos principais fatores parasíticos que levam às inúmeras infecções recorrentes da candidíase pelo corpo.

 

Quanto Tempo Leva Para Se Livrar Da Candidíase?

Essa não é uma resposta fácil, já que depende da resposta imunológica de cada pessoa. Claro que as dicas trazidas aqui podem acabar com a candidíase mais rápido por acelerar esse processo, mas outros fatores também influenciam o nosso organismo e até mesmo os fungos.

Isso envolve quanto tempo você teve o crescimento excessivo da Candida, o amadurecimento dela no organismo e também o quanto ela desenvolveu seu biofilme para se proteger.

Outros fatores são as vezes em que você já teve uma candidíase recorrente sempre se adaptando ou oculta no seu corpo. Pois isso tem muito significado para a sua imunidade celular, o quanto o fungo penetrou o epitélio e a resistência dele aos medicamentos.

Pelo visto, não existe uma resposta exata do tempo necessário para livrar-se da candidíase, apenas as estimativas que são relatadas pelas pessoas que se curaram.

A massiva maioria que segue a dieta alimentar se cura em cerca de 1 mês, mas uma parcela precisa de cerca de 3 meses para reverter o problema definitivamente. Enquanto que um grupo menor, principalmente nos casos mais severos, passam de 6 meses ate 1 ano de tratamento.

mulher bebendo detoxEssas estimativas não consideram recaídas de final de semana comendo comidas açucaradas e inflamatórias. Também não contam com medidas auxiliares como as dicas desse protocolo de apoio para acelerar o processo.

De qualquer forma, seguir com disciplina a alimentação direcionada pelo menos 1 semana já elimina todos os sintomas aparentes. Mas note que os remédios sintéticos já fazem isso, então terminar o cronograma do tratamento é o que garantirá a cura definitiva.

Portanto seja paciente e apenas utilize as ferramentas necessárias para avançar a cura. Pois a natureza garantidamente fará sua parte para livrar você da candidíase no tempo correto.

 

Conclusão

A candidíase pode ser um problema muito frustrante e causar outros na medida que cresce. Um deles é emocional e pode ser impeditivo aos tratamentos, o que infelizmente leva muitos a desistirem da cura.

Não permita que esse fungo conviva no seu corpo por muito tempo e saiba que a candidíase pode ser tratada, não importa quanto tempo você tenha sofrido com ela.

Com esse protocolo de apoio, o paciente só necessita perseverar e seguir o tratamento até o fim. E essas dicas compartilhadas pelo Candidíase Tratamento e Cura servem para qualquer circunstancia, como auxiliares para qualquer método de cura da sua escolha.

No passar dos dias, avanços notórios de alivio e bem estar podem ser sentidos no corpo utilizando esse protocolo. Isso cria um ciclo virtuoso para a saúde progredir mais rapidamente dessa forma.

O mais importante de tudo esta em adquirir alguns hábitos de consumo que podem continuar pela sua vida inteira. Então altere alguns hábitos com prazer, pois eles podem protegem a sua saúde para sempre contra qualquer problema causado por fungos, vírus ou bactérias.