Os remédios caseiros para candidíase são muito famosos pelos poucos efeitos adversos que tem e geralmente por serem naturais. Mas será que essas receitas funcionam como medicamentos para curar a candidíase totalmente?

Alguns estudos em laboratório e a experiencia prática das pessoas demonstram que sim. E muitas vezes com um alivio dos sintomas superior quando comparados a muitos dos remédios farmacêuticos.

Eles não recebem a mesma atenção do mercado e dos médicos formados atualmente, mas são prestigiados pelo tempo. Pois foram a primeira linha de combate a fungos utilizados pelos nossos antepassados e não por acaso são utilizados até hoje.

A industria tenta muitas vezes replicar e potencializar as propriedades combativas a fungos contidas nesses elementos naturais. Certamente obtêm exito muitas vezes, mas também não funcionam para todas as pessoas.

“Todos temos a mesma natureza biológica, mas certamente não somos iguais. E por motivações do nosso código DNA, alguns remédios naturais conseguem combinar muitas vezes melhor com alguns organismo sofrendo da candidíase.”

Acreditamos que eles deveriam continuar sendo ainda a primeira linha de combate a esses fungos patogênicos. E criamos esse artigo para aqueles que desejam provar dessas fontes de cura encontrados na natureza.

Nessa leitura veremos 6 receitas de remédios naturais para candidíase que realmente funcionam. E claro, vamos conhecer também como e porque eles funcionam.

Boa leitura!

Leia também → 3 Receitas Para o Alívio Imediato da Candidíase Vaginal

 

Os Remédios Caseiros para Candidíase Curam Mesmo?

Medicamentos caseiros para candidíase

Antes de tudo, é importante saber que, de forma semelhante aos medicamentos farmacêuticos, os tratamentos naturais para infeções da candidíase podem ser apenas paliativos.

Isso ocorre principalmente quando o diagnóstico da infecção é feito errado. O que se resume em conhecer a raiz do problema, se é de um fungo ou bactéria agindo por detrás dos sintomas na pele, boca e genitais por exemplo.

Mas a investigação não para por reconhecer o agente causador. Também envolve conhecer a causa da contaminação, que pode vir de uma candidíase intestinal ou até mesmo de outros problemas subjacentes de saúde.

O diagnóstico médico não deve ser negligenciado, pois com isso, existem também os riscos da automedicação. E quando o assunto é candidíase, algumas condutas pessoais podem piorar muito a infecção.

Esse definitivamente é o ponto inicial de qualquer tratamento de candidíase. Ele deve partir antes de tudo por reconhecer os sintomas e diagnóstico correto, algo a ser feito sobretudo por um profissional da saúde.

“A boa noticia é que uma vez descoberta a candidíase, existem infinidades de opções para combater esse fungo de forma natural. E a prateleira da cozinha, feira ou supermercados não requerem prescrição médica para isso.”

Diante um farto numero de variedades e com as instruções corretas, conseguimos facilmente obter um remédio caseiro para curar candidíase. Como é o caso da pomada caseira para candidíase genital, um substituto exemplar às melhores pomadas farmacêuticas.

E podemos até mesmo obter o exito dos remédios orais utilizados na candidíase recorrente os substituindo por antifúngicos da dieta para candidíase por exemplo.

E essa ultima, consegue tratar até mesmo pessoas com candidíase cronica e o sistema imunológico debilitado por doenças imunossupressoras como a AIDS ou Câncer. O que a torna uma das principais escolhas de infectologistas do mundo inteiro para a candidíase esofágica e inúmeros outros casos.

Quais As Alternativas Naturais Para Tratar A Candidíase?

Perceba que muitos dos métodos naturais nem sempre tem respaldo de estudos em laboratório. E dificilmente são alvos das pesquisas, uma vez que não angariam fundos para os estudos da própria indústria.

Talvez esse seja o maior motivo desses remédios caseiros para candidíase existirem hoje à margem da medicina moderna. Apesar de muitas pesquisas independentes se esforçarem para revelar os efeitos terapêuticos dessas alternativas que mostraremos aqui.

Mas apesar dos adventos da industria e por não ter marcas famosas, a medicina alternativa tem seu espaço já conquistado em nossa cultura. E entre esses remédios naturais e auxiliares do tratamento estão os:

  • Banhos de assento.
  • Cremes e pomadas caseiras.
  • Óleos de plantas e ervas.
  • Tampões vaginais e supositórios.
  • Antifúngicos naturais.
  • Chás, soluções prebióticas e probióticas.
  • Inúmeros outros fitoterápicos.

Existem certas vantagens que são notórias ao usarmos insumos naturais para tratar problemas de saúde. E podemos consumi-los de muitas maneiras diferentes também, como é feito com sabonetes para candidíase por exemplo.

O Kombucha do chá para candidíase é outro exemplos. Com esse potente remédio para candidíase intestinal, temos também um tônico terapêutico restituindo a microbiota e fortalecendo o sistema imunológico contra inúmeras outras doenças.

A alimentação é outra alternativa, sobretudo reconhecida como a melhor medida natural para modificar a química do corpo. É o que acontece no preparo de um bom suco detox para livrar o corpo das toxinas dos fungos e amenizar o enfermos dos efeitos do estresse por candidíase por exemplo.

Existem maneiras formidáveis de tornar o corpo combativo e inóspito a agentes patogênicos como os fungos da candidíase. Mas em casos mais simples, receitas como as mostradas a seguir podem ser a solução derradeira para o problema.

Vejamos então algumas dessas receitas caseiras para tratar a candidíase genital que valem a sua experimentação.

 

Os Banhos de Assento Para Candidíase

Entre os remédios caseiros para candidíase mais populares estão os banhos de assento. Eles são feitos com plantas e ervas com propriedades terapêuticas bem específicas, servindo tanto para homens quanto mulheres.

No entanto, muitas mulheres fazem mau uso deles, por isso é bom se ater à ducha vaginal. E definitivamente essa prática não é recomendada, já que pode destituir a flora natural e modificar o PH vaginal.

O modo correto de utilizar o banho de assento é permitir o liquido banhar a vulva e naturalmente penetrar a vagina. Posteriormente enxugando bem a região e mantê-la sempre arejada durante o tratamento.

Algumas observações a mais podem fazer parte de cada receita. Portanto leia atentamente elas até o fim.

Banho de Assento com Camomila (Matricaria Recutita)

Remédio Caseiro Para Candidíase

A camomila pode ser utilizada como remédio caseiro para candidíase já que suas flores contém entre 1% – 2% de óleos voláteis como o alfa-bisabolol, óxidos de alfa-bisabolol A / B e matricina.

Conforme estudos feitos com a espécie Matricaria Recutita, esses princípios ativos contribuem com suas propriedades anti-inflamatórias, cicatrizantes e antimicrobianas.

Muitas receitas diferentes são feitas com ela, podendo ser utilizada em forma de óleo concentrado ou ervas secas como as que compramos na feira ou mercado.

O banho de assento com camomila para candidíase é muito simples de aplicar seguindo as seguintes instruções:

  1. Coloque uma panela no fogo e ferva 1,5 litros de água.
  2. Desligue o fogo após levantar fervura e coloque 3 colheres de sopa cheias de camomila (Matricaria Recutita).
  3. Deixe a panela de água fervida com camomila dentro, tampe-a e deixe ocorrer a infusão entre 5 a 10 minutos.
  4. Separe uma bacia em que seu quadril caiba para banhar-se com o chá de camomila.
  5. Coe o chá para dentro da bacia e aguarde o líquido alcançar temperatura agradável ao toque.
  6. Sente-se na bacia e banhe-se com esse chá até a temperatura esfriar, depois se seque bem.
  7. Faça essa receita 2 vezes por dia com intervalo de no mínimo 8 horas.

Essa receita caseira para candidíase deve ser usada pelo menos durante 3 dias seguidos e dependendo do caso, se estender até 1 semana.

Certamente as sensações mais incomodas da candidíase desaparecem no primeiro banho, mas não se contente com isso e siga esse plano até o final para ter os efeitos corretos do tratamento.

Banho de Assento com Orégano

Remédio Caseiro Para Candidíase

O orégano é um dos antifúngicos mais potentes que se tem conhecimento na natureza por causa de seus fenólicos antioxidantes como o carvacrol e o timol, que tem inúmeras atividades no organismo.

Eles tem efeito deletério contra a candidíase e eliminam mais de 79 tipos de toxinas liberadas pelo fungo como o etanol e acetaldeído. Além de existirem estudos mostrando sua capacidade de reduzir entre 50% a 75% o crescimento dos fungos da Candida.

A principal vantagem dele como medicamento natural para candidíase é que o fungo não tem propriedades de desenvolver resistência contra o carvacrol, o principal agente antifúngico do orégano.

Esse remédio caseiro para candidíase pode ser feito com óleo do orégano(sem álcool) ou a partir da própria planta seca sob infusão em água.

Segue a receita do banho de assento com orégano:

  1. Coloque para ferver 1,5 litros de água.
  2. Apos levantar fervura, acrescente 2 colheres de sopa de orégano e desligue o fogo.
  3. Tampe a panela com a solução dentro e deixe agir por 5 a 10 minutos.
  4. Pegue uma bacia que caiba seu quadril dentro para se banhar com o chá de orégano.
  5. Filtre com coador o chá para dentro da bacia e aguarde a temperatura ficar agradável.
  6. Sente-se na bacia e deixe o chá agir até a temperatura esfriar, depois se seque bem.
  7. Faça essa receita todas as noites antes de dormir.
  8. Durma sem calcinha durante as noites que fizer o banho de assento.

Essa receita deve ser seguida por 1 semana todas as noites. Mas é importante saber que os efeitos do orégano são progressivos, portanto siga a receita até o final.

Possivelmente você reparou que essa é a receita base para banhos de assento, mas com apenas a quantidade diferentes da erva utilizada.

Banho de Assento com Barbatimão

Remédio Caseiro Para Candidíase

Estudos científicos reconhecem o barbatimão pelos seus taninos condensados, que são substâncias fenólicas com papel de defesa contra microrganismos e também pelos seus flavonoides, que protegem as células e o DNA de danos oxidantes.

O barbatimão tem ação analgésica, anti-inflamatória, antisséptica e cicatrizante, o que cai realmente bem para a inflamação das infecções genitais causadas pela candidíase.

A receita do banho de assento com o barbatimão é simples, mas um pouco diferente das anteriores.

Vamos a ela:

  1. Ferva durante 15 minutos 1,5 litros de água e 2 colheres de sopa de cascas do barbatimão juntos.
  2. Apos levantar fervura, tampe a panela e deixe agir por mais 5 minutos.
  3. Depois filtre o chá despejando em uma bacia larga o suficiente para encaixar o quadril.
  4. Com temperatura agradável a pele, sente-se nessa solução até que a água esfrie.
  5. Apos o banho com o chá, seque-se bem.

Repita esse procedimento diariamente até que os sintomas da candidíase desapareçam por completo.

Esse remédio caseiro para candidíase genital é recomendado por inúmeros especialistas, inclusive sendo consumido como chá para combater a candidíase intestinal também.

Obs.: Existem contraindicações para o barbatimão especialmente para as gestantes. Portanto tenha cuidado pois o barbatimão têm efeito abortivo.

 

Os Supositórios e Tampões Para Candidíase

Os remédios caseiros para candidíase feitos a partir de supositórios e tampões são formas eficazes para tratar a inflamação da candidíase vaginal. Eles tem fácil absorção na pele e se mostram muito ágeis também.

Geralmente são feitos com óleos de plantas e compostos naturais vendidos como capsulas, supositórios ou cremes. Depois são utilizados ao encharcar os absorventes de tampões vaginais ou absorventes internos.

Alguns ingredientes podem ser encontrados na farmácia, casas de aromaterapia, medicina natural e até mesmo online. Mas alguns itens podem exigir uma consulta médica para ter permissão para compra.

Todas essas receitas são naturais, mas isso não significa que não sejam prejudiciais quando mal utilizadas. Por isso siga fielmente as explicações e quando surtir efeitos indesejados, suspenda o uso deles.

Pelo modo que essas receitas estão apresentadas aqui, elas são utilizadas para a candidíase vaginal, mas não impedem de serem adaptadas pelos homens. No entanto, separamos algumas receitas naturais próprias para candidíase masculina em nosso site também.

Segue algumas recomendações de receitas caseiras para candidíase genital e alguns esclarecimentos sobre como elas funcionam.

Tampões Com Óleo de Melaleuca Alternifolia (Tea Tree)

Remédio Caseiro Para Candidíase

O óleo de Tea Tree para candidíase é usado em supositórios ou tampões. Seus estudos e inúmeros relatos de mulheres garantem o alívio rápido dos sintomas vaginais, mas é muito utilizado para a candidíase oral também.

Outros estudos ainda indicam que o terpinen-4-ol, principal composto presente no Tea Tree, aumenta a efetividade de alguns antifúngicos como o fluconazol nos casos da super-resistência dos fungos da Candida.

As suas propriedades antimicrobianas atingem a forma patogênica dos fungos, modificando suas membranas celulares permanentemente. Isso impede a permeabilidade de certas enzimas, comprometendo a produção de energia celular e resultando finalmente na eliminação dos fungos.

A Melaleuca Alternifolia tem propriedades antifúngicas, antibacterianas, antibióticas e antissépticas. Sendo promissora para outros casos de infecção também.

Mas é inviável fazer Óleo de Malaleuca caseiro, principalmente pela dificuldade de acesso aos ingredientes, a menor eficiência dela fora do laboratório e custos maiores daquele comprado de um fornecedor.

Como utilizar a receita de tampão com óleo de Melaleuca:

  1. Coloque em uma tigela 1 colher de chá de óleo concentrado de Melaleuca.
  2. Coloque nessa mesma tigela 7 colheres de sopa de água limpa.
  3. Misture essa solução com uma colher de sopa.
  4. Utilize um absorvente intimo ou algodão para drenar a mistura evitando excessos.
  5. Ponha o absorvente ou algodão umedecido na região da calcinha e cubra a genital.
  6. Use o tampão vaginal todas noites até desaparecerem os sintomas.

Apesar dos estudos e relatos da cura da candidíase com o óleo de Melaleuca serem animadores, não são todos que se adaptam a ele. Existem pequenos grupos de pessoas que relatam incômodos que impedem sua utilização.

Isso envolve irritação de pele, queimação e outros sintomas típicos de alergia. O que exige o cancelamento imediato do tratamento logo nesses primeiros sinais.

Aplicação de Violeta de Genciana

Remédio Caseiro Para Candidíase

A Violeta Genciana, também conhecida como Violeta de Metil é um composto orgânico usado principalmente como indicador de PH e colorante. Mas é também utilizada até hoje na fabricação de inúmeros produtos medicinais.

Ela foi uma forma de tratamento antigo que se perdeu com o surgimento dos antibióticos. Mas continua sendo a principal forma de acusar bactérias através de corante de contraste violeta nos laboratórios através do teste de Gram.

A violeta genciana tem esse nome pela sua cor violeta como as pétalas da flor Genciana, mas não é feita de violetas na verdade. Ela se destaca por suas propriedades antibacterianas, antifúngicas, antitumorais e antiangiogênicas.

É uma solução antiga para candidíase e outros problemas fúngicos, com isso, estudos foram feitos trazendo a tona sua efetividade como remédio caseiro para candidíase genital e oral.

Em pacientes graves da candidíase, ela mostra resultados excepcionais. Sua ação reduz consideravelmente a massa de biofilme das colônias dos fungos da família Candida em pacientes com estado debilitado.

A receita caseira para candidíase usando Violeta Genciana é a seguinte:

  1. Misture 1 colher de sopa de Violeta Genciana a 1 colheres de sopa de água limpa.
  2. Embebede, sem encharcar, 1 absorvente intimo ou ¾ do absorvente interno.
  3. Com ajuda de vaselina(opcional) introduza o absorvente interno na vagina ou prenda o absorvente intimo na calcinha em forma de tampão.
  4. Deixe essa mistura agir entre 3 a 4 horas entre 5 a 12 dias corridos, dependendo do grau de infecção.

A Violeta Genciana deve ter no máximo 1% de concentração, senão pode causar incômodos na pele e irritar. Nesse caso é prudente e aconselhável suspender o tratamento.

Considerações Sobre a Violeta de Genciana

A Violeta Genciana para tratar a candidíase pode tingir a pele, mãos e também a calcinha com sua cor de violeta por alguns dias. Isso requer o uso de calcinhas e toalhas escuras ou já bem usadas, assim como utilizar luvas ou sacos plásticos para manusear o medicamento.

Caso tenha feridas na pele é recomendado não usar a Violeta Genciana, caso contrário, poderá ganhar uma tatuagem sem querer.

Supositório Vaginal de Acido Bórico

supositório de acido bórico para candidíase

O ácido bórico é um composto de minerais encontrado em forma de cristais incolores muito utilizada na água boricada. Ele é um sal natural que funciona como antisséptico, inseticida e tem ação bacteriostática e fungicida.

Caso ingerida inadequadamente pode ser tóxico, mas em doses certas não traz grandes riscos a saúde. É inclusive um elemento importante para o bom funcionamento do corpo e está presente naturalmente na nossa alimentação.

O acido bórico pode ser utilizada como remédio natural para candidíase em forma de supositórios ou óvulos. Alguns estudos mostram que 92% das aplicações desses supositórios podem curar a candidíase entre 7 a 10 dias.

Em outros estudos, dessa vez em mulheres com candidíase vaginal que não responderam bem aos antifúngicos do tipo “azol”, evidenciam uma taxa de cura de aproximadamente 70% quando combinados com a flucitosina.

Seguindo o mesmo estudo, foi feita uma revisão pela Journal of Women’s Health apontando o ácido bórico como uma alternativa segura a medicamentos do tipo “azol” no tratamentos da candidíase recorrente. Funcionando, inclusive contra infecções causadas pela Candida não Albicans.

Os supositórios de ácido bórico para candidíase são usados da seguinte forma:

  1. Ao dormir, com as mãos limpas e deitada de costas, separe um supositório em capsula(máximo 600mg do ácido).
  2. Flexione os joelhos com os calcanhares sob a cama.
  3. Introduzir na vagina a capsula até o final do canal vaginal.
  4. Aguardar entre 15 e 30 minutos para a capsula se desmanchar dentro da vagina antes de retornar as pernas a posição normal.
  5. Esse procedimento deve ser feito todas as noites entre 7 a 10 dias ou até desaparecerem os sintomas.

Como cada pessoa tem um organismo diferente, reações adversas podem surgir e para outras pode ser perigoso, especialmente para pessoas alérgicas ao ácido bórico, crianças e gestantes.

Considerações Sobre o Acido Bórico

Algumas considerações devem ser feitas antes de utilizar esse remédio caseiro contra candidíase. Caso você seja mulher com candidíase na gravidez, o uso do acido bórico oferece riscos graves ao bebê.

O melhor remédio para candidíase é aquele que dá certo e essa daqui é uma alternativa que pode ser considerada a mais severa contra a candidíase vaginal. Por isso o médico deve ser consultado antes de tudo, até porque os supositórios de ácido bórico são vendidos apenas sob prescrição médica.

 

Conclusão

Muitos dos remédios caseiros para candidíase apresentados aqui estão entre os mais populares. Talvez você já tenha ouvido falar sobre eles, só não sabia o porque de funcionarem.

O Brasil é um pais que se comporta de forma curiosa diante a medicina natural. Isso rende uma reflexão muitas vezes triste daqueles que buscam nela a solução para problemas da própria natureza.

Pois temos um grande deficit na formação de infectologistas e fazemos pesquisas tímidas nessa área. Mas muitas universidades, por outro lado, desenvolvem teses contrárias aos medicamentos naturais de uso livre.

Esse comportamento afasta ainda mais as alternativas naturais do meio médico. Uma opção que deveria muitas vezes ser a primeira alternativa de tratamento por ser menos danosa e consideravelmente mais barata.

Claro que a medicina natural nunca irá sumir, mesmo que seja restringida e limitada por leis. Mas esse assunto evidencia certos atrasos quando comparado aos estudos da infectologia clinica de outros países mundo afora.

O Candidíase Tratamento e Cura é um dos poucos canais da web que divulga a medicina natural para tratar da candidíase no idioma português. E recebe relatos de sucesso da cura natural vindos de países do mundo inteiro.

pesquisador testando analisando fungosMas é importante saber também que esses medicamentos trazem riscos quando mal utilizados. E apesar de notificarmos eles por esse artigo, alguns links distribuídos por aqui podem ser uteis para maiores esclarecimentos.

No entanto, a nossa mais importante recomendação é sobre o diagnóstico adequado antes de partir para qualquer ação. Um assunto de cuidado pessoal que garante maior segurança para qualquer tratamento da sua escolha.

Gostou desse artigo? Então compartilhe e comente a sua experiencia com esses remédios caseiros, eles podem ser muito úteis para outras pessoas também!