O tratamento caseiro com vinagre de maça tem uma longa história na medicina e utilidade para muitos problemas de saúde. Para a candidíase ele também se destaca, mas requer conhecimentos para utilizá-lo corretamente.

Muito usado na culinária, o vinagre é conhecido ainda por tratar cabelos, rugas no rosto e melhorar a qualidade da pele. Mas é também um antifúngico natural capaz de tratar a candidíase peniana, vaginal, na boca e muitos problemas de pele.

“Na verdade, muitos historiadores relatam que Hipócrates, o pai da medicina moderna, usou o vinagre de maça como remédio natural para ajudar a desinfetar e tratar feridas na pele de seus pacientes há mais de 2.000 anos.”

O principal composto do vinagre é o acido acético resultante da fermentação bacteriana das maças com casca, água e açúcar. Uma receita caseira fácil de produzir e que também serve para limpeza doméstica e remover o mau cheiro ambiente.

Por ser um acido fraco, ele é considerado seguro e por isso está entre as receitas naturais contra a candidíase. Mas pode também ser corrosivo, o que obriga sabe como usá-lo adequadamente para cada área infectada.

Por isso criamos esse artigo, que além de esclarecer algumas dúvidas importantes, irá apontar por que esse remédio natural funciona tão bem. E claro, ensinaremos como fazer o bom uso do vinagre para os tratamentos da candidíase.

Boa leitura!

 

Como Funciona o Vinagre Contra A Candidíase?

fungos da Candida sendo estudadosO corpo humano tem defesas ambientes e naturais contra fungos ou bactérias infecciosas. Esse equilíbrio microbiano depende dos nossos níveis de pH – grau de acidez, que muda conforme as diferentes regiões do corpo.

Quando analisamos o que é a candidíase, percebemos que os fungos da família Candida convivem bem em forma de leveduras no meio ácido. Enquanto que no meio alcalino, elas mudam de comportamento tornando-se patogênicas.

“A principal funcionalidade do vinagre não é apenas destruir os fungos agressivos, mas também manter um ambiente mais propicio ao bom convívio do corpo com o fungo, mantendo suas colonias sob controle.”

Dito isso, uma das principais ações do tratamento caseiro com vinagre para a candidíase é sua capacidade de regular e estabilizar o pH do corpo. Mas não para por aí, já que ele tem propriedades antissépticas diminuindo inflamações, além de fazer a quebra do açúcar, o principal alimento da Candida.

Essas propriedades estão no acido acético e acido maleico do vinagre e foram bem retratados por estudos em laboratório. Mostrando-se bactericidas e fungicidas capazes de inibir com sucesso o crescimento do fungo.

Essa solução é capaz de permear a membrana celular do fungo e também destruir suas células. Tendo ainda grande potencial de acelerar a cura da infecção quando combinado a outros antifúngicos.

Outros estudos apontaram essa capacidade sinérgico do vinagre com antifúngicos em mucosas de pH acido. Tornando mais efetivos o fluconazol e clotrimazol contra especies mais resistentes como a Candida glabrata.

Esse efeito sinérgico também apareceu em remédios como o miconazol e tioconazol, mas apenas contra a Candida albicans.

As funções do vinagre de maça no tratamento caseiro da candidíase não terminam por ai. E veremos mais adiante alguns detalhes que podem fazer diferença para muitos tipos de infeções diferentes.

Acompanhe!

 

Quais os Usos do Vinagre no Tratamento da Candidíase

Muitos estudos apoiam o vinagre de maça contra infecções de queimaduras causadas por bactérias resistentes a antibióticos. Incluindo a Mycobacteriaceae da tuberculose e Pseudomonas aeroginosa causadora de feridas cronicas.

O vinagre é usado para aliviar e tratar queimaduras de águas vivas também, mas por conter acido, você pode pensar que isso seria improvável.

Então como poderia o vinagre tratar problemas de pele sem causar outros?

Acontece que a acidez do vinagre de maça é leve e muito semelhante à nossa. Isso o torna um ótimo estabilizante capaz de manter o próprio pH natural e responsável pela proteção da pele.

Então é seguro utilizar ele para tratar inúmeros sintomas da candidíase em áreas mucosas e até sensíveis do corpo como nas genitais, pele, boca e intestino também.

Mas isso não significa que o vinagre não cause problemas quando mal utilizado. Isso inclui o uso do tipo de vinagre errado, consumo exagerado, a má diluição em água ou quando se expõe a pele tratada com vinagre ao Sol.

Para um tratamento caseiro com vinagre para candidíase é necessário sobretudo o vinagre correto. Ele não pode ser industrializado com químicas ou destilado, pois assim desperdiça inúmeras de suas propriedades terapêuticas.

A recomendação para qualquer cuidado de saúde feito com o vinagre de maça é que ele seja orgânico contendo a ‘mãe’ do vinagre intacta. Essa é a parte viva do vinagre que contêm suas leveduras e bactérias benéficas.

Portanto não utilize o vinagre de maça filtrado e destilado, escolha o vinagre de maça vivo e 100% natural (com aparência mais turva e filamentosa). Pois esse inclui todas as proteínas naturais, enzimas e ácidos orgânicos tão benéficos para a saúde.

Vejamos agora as principais forma de se tratar da candidíase usando o vinagre.

 

Banho de Assento

mulher na banheiraComo foi dito, o vinagre tem sinergia com muitos antifúngicos famosos, podendo potencializar a ação deles contra as células do fungo.

Segundo estudos, foi demonstrado que esse efeito do acido acético só reflete sob a concentração esperada na secreção vaginal normal. Portanto não é a melhor opção para mulheres gravidas ou na pré-menopausa.

Além disso, por efeitos do acido málico, outro antifúngico do vinagre, é possível provar de um alivio da candidíase vaginal imediato, graças ao seu potencial de limpar as toxinas produzidas pelo fungo.

O vinagre é um ótimo antifúngico e estabilizante do pH vaginal, garantindo um ambiente difícil para o fungo conviver por muito tempo.

Por esses motivos, o banho de assento com vinagre de maça pode ser o necessário para eliminar e vulvovaginite – a infecção da parte externa da vagina.

Para preparar um banho de vinagre de maçã:

  1. Coloque água até cobrir seu quadril em uma banheira ou numa bacia.
  2. Adicione 2 xícaras de vinagre de maçã orgânico e mexa a água.
  3. Faça imersão e fique de molho por 15 a 20 minutos.
  4. Ligue o chuveiro e enxágue a genital.
  5. Repita o processo 3x por semana no mínimo por 3 semanas.

Com o uso prolongado sob a pele o vinagre pode ser caustico, então certifique-se de se limpar bem.

Para a maioria das mulheres esse pode ser o alivio, proteção ou cura definitiva do problema. Podendo também ser uma medida complementar a qualquer outro tratamento genital com outros antifúngicos.

Ducha Vaginal

kit de ducha vaginalA ducha vaginal requer atenção pois ela não é uma recomendação para todas as candidíases. Essa é uma medida a ser requisitada apenas em casos de vaginite – a inflamação interna da vagina.

Ela deve ser feita com parcimônia e não sob qualquer condição. É preciso saber se a mulher está anêmica ou com baixa imunidade, assim como saber se o problema é estritamente da saúde vaginal antes do procedimento.

Portanto é preciso ter certeza se as condições de saúde estão em dia e se o ambiente vaginal esta realmente desequilibrado. Para isso, é necessário fazer um teste de pH para verificar se a vagina está mais básica – acima de 4,2.

A ducha vaginal com vinagre de maça é apontada como uma possível tratamento para a candidíase vaginal recorrente. E segundo caso clinico reportado, é um procedimento com grande potencial de cura.

Para fazer ele é necessário apenas um bombeador para ducha ginecológica e uma solução do vinagre de maça com água. A recomendação dessa ducha pelos médicos deve ser de 20ml do vinagre de maçã para 1 litro de água.

Basta fazer a ducha intravaginal 2 vezes por dia até sumirem os sintomas por até 4 meses. E essa é a receita que resultou na cura reportada no caso clinico da candidíase vaginal cronica.

Uso Cutâneo

pessoa tratando candidiase na pele com vinagre de maçaO vinagre de maça tem muitas utilidades para a pele, podendo dissolver células mortas, desobstruir os poros e restaurar sua proteção natural. E sem essa barreira de proteção, a umidade escapa, a pele resseca, se irrita e fica sujeita a infecções.

Conhecida por tratar a acne e infecções agudas de pele, o vinagre pode ser um substituto para muitos remédios químicos também.

No caso da candidíase cutânea, conhecido como intertrigo, o vinagre garante os benefícios de antifúngico já apresentados. Mas requer alguns cuidados como o tempo de permanência na pele, sua diluição em água e proteção ao Sol.

Para utilizar na pele, basta misturar 2 partes iguais de vinagre de maçã com água. E segundo estudos, a recomendação é que se utilize dessa mistura 2 vezes por dia na pele entre 5 e 10 minutos apenas.

Depois é necessário limpar a pele com água corrente e secar-se bem. A partir desse ponto, qualquer outro antifúngico pode ter seu efeito potencializado mais ainda.

O uso do vinagre pode também combinar com algum carreador que facilite a absorção da pele. Alguns exemplos são a combinação com capsulas contendo óleo de coco, ou gel de babosa que também são reconhecidos por tratar a candidíase cutânea.

Esse é um tratamento caseiro com vinagre especialmente útil para pacientes do intertrigo com diabetes. Mas é uma receita de uso livre, portanto pode ser utilizado por qualquer pessoa até que desapareçam os sintomas.

Gargarejo

mulher fazendo gargarejo para tratar candidíase oralO vinagre de maçã também resulta um tratamento caseiro útil quando é feito o gargarejo. Que além de refrescar o halito e ter grande potencial de limpeza, é capaz de remover a Candida intraoral.

Muitas pessoas com a candidíase oral tem nesse gargarejo o tratamento definitivo. Ele é especialmente útil para pacientes com diabetes e halitose também.

Segundo relato médico, o tratamento com vinagre para candidíase foi capaz de reduzir em 94% a infecção oral em paciente com diabetes do tipo 2. Talvez esse seja o tratamento com remédio não toxico mais barato que existe.

Para fazer o gargarejo é necessário apenas uma xícara com 2/3 de água morna e 1/3 de vinagre com 2 colheres de sopa rasas de sal. Basta misturar e fazer gargarejo 2 vezes por dia com a boca higienizada.

A média de tempo para a infecção sumir e de 1 semana, e não existe qualquer contraindicação.

Na Alimentação

vinagre sendo utilizado na comidaO maior trunfo do tratamento caseiro com vinagre para candidíase certamente está na alimentação. Ele pode ser consumido com facilidade dessa forma e tem um papel estratégico também.

Ele é especialmente útil contra a candidíase intestinal, um dos principais fatores parasíticos para muitas infecções da Candida persistentes pelo corpo. Mas o papel dele não é simplesmente de atacar a infecção no intestino.

O vinagre de maçã está na dieta da candidíase pois contêm pré-bióticos (que alimentam e fazem prosperar bactérias boas). Isso manter o bioma humano habitado por microrganismos benéficos e concorrentes da Candida.

E claro, ele traz muitos outros benefícios agindo como antioxidante, regulador de glicose no sangue e nos leveis de lipídios. Além de contar com suas propriedades antifúngicas e sinérgicas com outros remédios como já explicado.

O vinagre de maça também se mostra útil em estudos contra estomatites causadas por dentaduras. Com um similaridade muito grande ao famoso medicamento nistatina na inibição das cepas da Candida.

Mas é bom observar que para obter esses efeitos terapêuticos é necessário consumir o vinagre de maça orgânico. Pois somente ele tem capacidade de carregar as bactérias benéficas e função de prebiótico para a flora intestinal.

 

Conclusão

O tratamento caseiro com vinagre no combate da candidíase é mais um conhecimento antigo que merece muitas considerações.

Assim como boa parte das remédios naturais, ele carece de estudos que validem usa utilização para muitos casos. Algo que só é retratado por experiencia médica nos históricos clinicos ou entre os próprios pacientes.

Em todo o caso, o vinagre é seguro para a maioria das pessoas em todas as receitas apresentadas nesse artigo. Claro, contanto que você siga a utilização recomendada conforme buscamos apresentar por aqui.

Mas saiba que o uso do vinagre pode também não combinar com todas as pessoas. E caso você sofra de algum efeito adverso, o mais prudente é interromper o tratamento.

No entanto, a maior recomendação que podemos dar contra a candidíase está no seu consumo através da alimentação. Que em nossa opinião, é o melhor remédio para candidíase e qualquer infecções por microrganismos no corpo.

vinagre de maça para tratar a candidíaseCaso você tenha dificuldades com a candidíase e não sinta segurança para experimentar o vinagre, considere falar sobre ele com seu médico. Pois como apresentado aqui, ele pode resultar em uma cura real para muitos casos.

Gostou desse artigo? Então não deixe de comentar sua experiencia e compartilhar, isso pode ajudar muitas pessoas em tratamentos também.